quarta-feira, 21 de julho de 2010

A sacada


Era final de tarde. O vento frio tocava os cabelos de Aline. Da sacada de sua casa ela via o impossível. O pôr-do-sol e as luzes da cidade serviam apenas de ilustração para o seu mundo de sonhos e possibilidades. Sair por aí sem destino, com uma câmera na mão e a criatividade à solta. Viajar... Pegar um carro, ônibus, bicicleta. Automóveis terrestres, apenas. Para poder admirar a beleza das cidades e a descoberta das sensações desconhecidas.
Tirar muitas fotos ao redor do mundo; saltar de bungee jumping; pilotar um avião; trabalhar de voluntária para causas infantis... Ding, dong. A campainha toca. Pluft! O barulho faz Aline despertar. Era o seu pai que mal acabava de chegar do trabalho e já teria que ir para o outro. Pluft, plaft, pluft. Obrigações chamam a garota de volta à realidade. Mas quem sabe um dia... Quem sabe?

Um comentário:

Nine Ferreti disse...

Oie, add vc da comunidade. Amei seu blog e resolvi comentar esse que fala de uma Aline..rsrsrs
Quando der, visita o meu
http://nine-ano1.blogspot.com/

Ocorreu um erro neste gadget

Poderá Gostar também:

Related Posts with Thumbnails