quinta-feira, 22 de julho de 2010

Marcaram minha infância

A Princesinha - 1995
"Eu sou uma princesa. Todas as garotas são. Mesmo que elas vivam em pequenos e velhos sótãos. Mesmo que se vistam com trapos. Mesmo que não sejam bonitas, ou inteligentes, ou jovens. Elas ainda são princesas. Todas nós. "
(Sara Crewe – A Princesinha)

Ao eclodir a 1ª Guerra Mundial, o capitão do exército inglês - Crewe (Liam Cunningham) - tem que ir para a guerra. Para isso, deixa sua linda filha – Sara Crewe (Lisel Matthews) - em Nova York, num luxuoso internato para meninas, que sua esposa falecida havia estudado quando pequena. Contudo, um desastre na guerra deixa Sara “órfã” de pai também. Para pagar sua estadia, a menina é levada a trabalhar como empregada. A garota passa fome, frio e humilhação, mas continua a acreditar que é uma princesa, não importando sua situação atual, como seu pai a havia ensinado.

O Jardim Secreto - 1993
"Se você olhar bem, verá que o mundo todo é um jardim!"

Mary Lennox (Kate Maberly) é uma garota cheia das regalias que vivia na Índia com seus pais, no início do século XX. Contudo, eles não davam muita atenção para a menina. Um dia, por causa de um estouro de elefantes, Mary perde seus pais e é levada para Liverpool (Inglaterra), para morar com seu tio o Lorde Archibald Craven (John Lynch) na mansão Misselthwaite. Mary passa a explorar a propriedade e descobre um jardim abandonado. Entusiasmada com a descoberta, decide restaurar o lugar com a ajuda do filho de um dos serviçais da casa, conquistando assim a atenção do primo doente. Juntos eles desafiam as regras da casa e o velho jardim se transforma em um lugar mágico. A chegada da garota na mansão, além de modificar a própria menina modifica a todos.
.

.

.

A Princesinha e O Jardim Secreto (adaptações)

Esses dois filmes marcaram a minha infância. Eu cansei de vê-los repetidas vezes e até hoje ainda me emociono. Se você – assim como eu - ama filmes e adora uma história com lição no final e ainda não os viu, corra a locadora mais próxima ou procure para baixar na internet. Vale a pena! ;)

Ha, e adivinhem, foi uma surpresa para mim!
Ao procurar a ficha-técnica do filme A Princesinha descobri que o diretor é ninguém menos que Alfonso Cuarón, aquele que dirigiu Harry Potter e O Prisioneiro de Askaban. Nossa, eu super-detestei esse filme de HP. Talvez eu não tenha gostado porque é o meu livro preferido da série, então fiquei a implicar com a direção do filme. Mas também acho que é por causa do diretor ter descaracterizado o ambiente escolar e ter colocado os, já adolescentes, sem a farda de Hogwarts... Enfim, são vários os meus porquês, mas tenho que parabenizar Cuarón pelo filme A Princesinha. Todavia, confesso que ao ver o nome dele me bateu uma vontade imensa de conferir o livro também. haha x)
E para quem é fã da série HP, o filme O Jardim Secreto conta com a participação da professora Minerva Mcgonagall no papel da Sra. Medlock (Maggie Smith), uma rigorosa e fria governanta.

Um comentário:

Hyago Fantinel disse...

Adorei o blog ' Já segui.
Segue o meu tambem www.hyagofantinel.blogspot.com

Abraço.

Ocorreu um erro neste gadget

Poderá Gostar também:

Related Posts with Thumbnails