quarta-feira, 1 de julho de 2009

AOS 70

As pessoas deveriam ter o desejo de chegar aos 70 anos felizes, junto de uma família estruturada e companheira; longe de doenças tanto corporais quanto psicológicas; e de terem realizado a maioria de seus projetos profissionais e sonhos da juventude. Entretanto, em uma sociedade como a nossa, em que o culto à beleza é imprescindível, torna-se cada vez mais comum a recorrência às salas de cirurgia, aos consultórios odontológicos e às aulas de aeróbica. Ajeita aqui, arruma ali; retoca aqui, levanta ali: esse parece ser o lema de grande parte dos jovens, adultos e idosos, o que os transforma em indivíduos eternamente insatisfeitos.
Um ótimo exemplo disso foi o que aconteceu com o rei do pop Michael Joseph Jackson (que nos deixou nessa última quinta-feira do mês, dia 25). A sua eterna insatisfação com a própria estética fez com que ele mudasse por completo sua fisionomia: de alisamento dos cabelos a mudança da cor de pele. Além de deteriorar a saúde física, essa atitude provocou sérios problemas psicológicos, culminando no uso excessivo e dependente de remédios que, segundo familiares, pode ter lhe custado a vida.
O que antes era realizado apenas por artistas famosos e socialites foi aprimorado pela medicina e pela tecnologia e com isso tornou-se bem mais acessível à classe média com descontos à vista ou suaves prestações. Agora, além de atingir todas as idades, essa obsessão pela ‘estética perfeita’ atinge quase todas as classes sociais.
O receio de envelhecer fez com que as pessoas se deixassem seduzir pela famosa “Síndrome de Peter Pan”. O medo de crescer, de assumir responsabilidades, compromissos e pressões da vida adulta passou a acompanhá-las, o que as fez indivíduos que escondem a idade a todo o custo e que são obcecados pelas academias e/ou por se transformarem em bonequinhas de luxo ou ‘saradões ’. O que era apenas um conto de fadas virou a mais pura realidade.
Todavia, para que todos esses tratamentos que provocam distúrbios e dependências? O ideal não seria fazer uma reeducação alimentar? Além de mais barato é muito mais saudável ao seu corpo e a sua mente. Dormir bastante - em tempo suficiente para repor as energias -, beber muita água, fazer exercícios, fugir da má alimentação: são hábitos e dicas proferidos constantemente por médicos e pelos meios de comunicação que devem ser colocados em prática. Esqueça a ditadura da beleza e da moda. Que deixemos que as rugas venham, que os cabelos embranqueçam e que as peles tornem-se secas, ásperas e opacas. Isso não é uma vergonha! Afinal, esses são os sinais do tempo vivido, das experiências compartilhadas e da sabedoria desenvolvida. Aprenda a se preocupar mais e a ser feliz com as coisas simples da vida. Viva mais, brinque mais, ria mais, beije mais, ame mais. Que aos 70, cada um possa olhar no espelho e ver o passado brilhante e tranqüilo que construiu e, assim como disse Olavo Bilac no seu poema “A Velhice”:
‘Não choremos amigo, a mocidade!
Envelheçamos rindo.
Envelheçamos Como as árvores fortes envelhecem,
Na glória de alegria e da bondade,
Agasalhando os pássaros nos ramos,
Dando sombra e consolo aos que padecem!’

3 comentários:

_-CinestudiO-_ disse...

Com certeza e essencial saber envelhecer, acho q uma correção ou outra se for para deixar vc feliz ...ai sim pod ser valido mas viver em função de nunk encelhever é complicado!!!! E para os que não sabem chegar aos 70 leiam esse texto XD

Anne disse...

“Síndrome de Peter Pan” foi demais, minha querida amiga!
Entrou no vocabulário! hahahahaha...

Mas você está mais que certa. Viver o hoje com excesso de preocupação no amanhã não vale a pena. Envelhecer é um prêmio ao corpo, um orgulho para a alma que já viveu. Olhar um idoso e ver em seu rosto rugas que contam sua vida em expressões faciais, ainda que de desgaste...

Quem tem medo de envelhecer não amadurece, não vive, não aproveita o hoje. "O amanhã pode cair em meio ao caos (ao vão)" dizia Shakespeare e não se engana o amanhã, seja você novo, velho ou um velho que quer ser novo. O amanhã pega todo mundo...

E o interessante é essa mania de se preocupar só com o estético das coisas. Por mais que se estique, levante, puxe, o organismo é sábio e lógico: ele envelhece, ainda que escondido, por dentro. No fim, não importa se você ficou maravilhosa por fora. Um dia o interior envelhece e aí o hoje vira ontem e o amanhã pode ser o caos de Shakespeare...

E o próprio Shakespeare disse que é a alma quem enriquece o corpo... Portanto, não adianta viver apartado do passado porque o passado não reconhece seu lugar: está sempre presente e se não gostamos da presença dele ou o escondemos, torna-se um passado intruso no presente e no futuro, torna-se desagradável...

O melhor é poder saber que os dias vão passando e a cada dia nossas vozes têm mais e mais coisas guardadas... E escolher as misses por aí não maquiadinhas depois de plásticas... Por que não escolher quando acordam descabeladas de manhã? Pelo menos elas seriam escolhidas pela beleza própria e não pelas plásticas e maquiagem, concorda? rsrsrs

Mas, apesar de tudo, compreender é fundamental. MJ teve uma infância complexa, uma vida estranha e atribulada em que o lado pessoal tornou-se palco para o mundo todo, o que é algo desagradável...

Quem está longe, não tem direito de dar pitaco em nada nem ficar nesse falatório, como faz a mídia. A vida foi dele. Serve para que aprendamos a não querer fazer o mesmo. Administremos nossas mágoas e imaturidades! Agora temos o direito apenas de reconhecer que MJ não foi exemplo de vida, mas foi de artista, de dançarino, de músico e foi uma pessoa boa, que promoveu a caridade...

Todos vamos passar, isso é certo (e foi o que eu disse rindo quando não acreditei acreditando que ele tinha morrido)... O importante é trabalharmos hoje para sermos melhor amanhã... Eis o que é PHN, Silvitxa! rsrsrs

"Billie Jean is not my lover..."

Beijãooooo!!!!!!!!!
Que blog fofo, meu Deus! Parece de boneca! (e de boneca inteligente que escreve bem! rsrsrsrsrs)

Thayanne PSA
PHN na cabeça

angelicaal_monte disse...

Saber envelhecer é uma questão de
por em prática a sabedoria que adquirimos durante a vida...

Gostei muito da sua colocação,soube
falar muito bem,exatamente aquilo que vc queria passar!!

Ocorreu um erro neste gadget

Poderá Gostar também:

Related Posts with Thumbnails