sexta-feira, 1 de abril de 2011

April Fool's Day

06h45min. O barulho de um casal de rouxinóis me desperta. Mal havia acabado de escovar os dentes, quando o celular tocou.


- Ring, ring:
♫ “Seems like everybody's got a price | I wonder how they sleep at night | When the sale comes first | And the truth comes second | Just stop for a minute and | Smile”.

Era o Anderson. Pelo tom de sua voz, alguma coisa terrível tinha acontecido. Fiquei sabendo que meu amigo poderia estar prestes a perder um de seus maiores bens. Meu confidente de infância não quis entrar em mais detalhes por telefone e pediu que fosse ao seu encontro, onde ele poderia explicar melhor.

Acabada a ligação, parei na sacada do apartamento, ainda preocupada, e observei o que se passava lá fora. O movimento das ruas daquela manhã era intenso.

Como o meu encontro com o Anderson seria na lanchonete mais próxima de casa, optei por colocar um vestidinho branco - simples -  um brinco de bola com a mesma tonalidade e uma rasteira creme. Cabelos soltos ao vento, fui andando ao encontro do meu aflito amigo.

Já sentada na mesa, vi de longe meu amigo que trazia um inexplicável sorriso nos lábios. lá Ao me ver, foi até minha direção, sentou-se na cadeira e segurou minhas mãos. Eu surpresa:
- Menino, que sorriso é esse? E o bem tão precioso que você está para perder?

Ele ainda com aquela cara sapeca falou: “O meu bem precioso é sua amizade, e tive medo de perdê-la ao pregar-lhe essa piadinha de primeiro de abril.

¬¬

Inesperadamente, puxou-me para mais perto e lascou-me uma beijokita.


Naquele dia cheguei à conclusão: o Anderson era um mentiroso.
Tá bom, tá bom. E um lindo também. Confesso.

.

.

.

Pois é, estamos sujeitos a esses tipos de brincadeiras que, como a da estória pode ser legal e até bonitinha, mas que geralmente são de muito mau gosto.

Mas e você?
Já parou para se perguntar
quando começaram
essas piadinhas de 1º de abril?
Sabe a origem dessa data pelo mundo a fora?
Não? Pois confira abaixo!



Origem do 1º de Abril


Existem as mais variadas explicações para o 1º de abril  ser considerado o Dia da Mentira. Uma delas diz que a brincadeira começou na França.

Desde o começo do século XVI, o Ano Novo era festejado no dia 25 de março e a data marcava a chegada da primavera. As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1º de abril.

Em 1564, depois da adoção do calendário gregoriano, o rei Carlos IX de França determinou que o ano novo seria comemorado no dia 1º de janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e continuaram a seguir o calendário antigo, pelo qual o ano iniciaria em 1º de abril. Gozadores passaram então a ridicularizá-los, a enviar presentes esquisitos e convites para festas que não existiam. Essas brincadeiras ficaram conhecidas como plaisanteries.

Em países de língua inglesa o dia da mentira costuma ser conhecido como April Fool's Day, "Dia dos Tolos (de Abril)"; na Itália e na França ele é chamado respectivamente pesce d'aprile e poisson d'avril, literalmente "peixe de abril".

No Brasil, o primeiro de abril começou a ser difundido em Minas Gerais, onde circulou A Mentira, um periódico de vida efêmera, lançado em 1º de abril de 1848, com a notícia do falecimento de Dom Pedro, desmentida no dia seguinte. A Mentira saiu pela última vez em 14 de setembro de 1849, convocando todos os credores para um acerto de contas no dia 1º de abril do ano seguinte, dando como referência um local inexistente.



[ Via Blog do Hugo Sérgio (http://hugo.sergio03.zip.net/) - adaptado ]

Um comentário:

helena_! disse...

hahaha...muito lindinho o conto! s2

Ocorreu um erro neste gadget

Poderá Gostar também:

Related Posts with Thumbnails